Mingau de quinoa com banana

Você vai precisar de:

6 colheres de água e 1 banana em rodelas.
Esperar a banana amolecer.



1 xícara de leite indicado pelo pediatra.



2 colheres de quinoa em flocos.


Mexe bastante, espera criar consistência.
Desligue o fogo. Espere esfriar. Se delicie! 
Coma com seu bebê!



Biscoitinhos caseiros para escola


O sucesso desta receita depende desta regra: 
Fazer pequenas bolas, se fizer gorda e grande vai queimar por fora e não vai cozinhar por dentro.

Vamos aos ingredientes:

100g de manteiga
3 xícaras de farinha de aveia
2 ovos
1 xícara de açúcar demerara (bebês acima de 12 meses)




Como fazer:

Mistura tudo!


Faça bolotinhas pequenas e ficará assim após assado.


Você também pode decorar com carimbos das massinhas playdoll.


Ou com o pezinho de um dinossauro:



Aveia melhora a prisão de ventre, então cuidado para não dar muito.. senão relaxa demais!


Você pode usar sua criatividade e fazer com fubá de milho, no lugar da aveia, pode também acrescentar castanhas trituradas ou passas ou... ou.. use sua criatividade!
Guarde em potes de vidro fechados.
A cada dia coloque 3 unidades na lancheira do seu bebê.
Mil beijos no coração!


Esta receita tem muita saída e então levará o cobiçado selo "Aprovado por Bebê Exigente"!





10 motivos para não oferecer papinha industrializada ao bebê

Confira neste link http://www.essamae.com.br/2015/11/dez-motivos-para-nao-oferecer-papinha.html 10 motivos para não oferecer papinha industrializada ao bebê, publicada no blog Essa Mãe, cuja idealizada é a Jornalista Ingrid Dragone.

Aproveito a oportunidade para falar um pouquinho sobre este blog maravilho e cheio de conteúdo para todas nós mamães:




O blog Essa Mãe surgiu em maio de 2015 para dar vazão às novas inspirações que a jornalista Ingrid Dragone passou a ter após o nascimento da sua filha. O desejo de escrever sobre o sentimento materno ganhou ainda mais força com o incentivo das amigas (grávidas e até já mães) com as quais dividia as suas experiências como uma mãe de primeira viagem bem informada.

Foi assim, meio sem pretensão, que o blog Essa Mãe começou a conquistar o público feminino ávido por dicas e informações relacionadas ao universo (paralelo e complexo) das grávidas e mães. Todo o conteúdo postado no blog é resultado do dia a dia da autora, o que transmite naturalmente o conceito de uma página feita por uma mãe real, próxima das suas leitoras. Como num bate-papo informal entre amigas, ela indica produtos, serviços e conversa sobre a rotina materna, incluindo sentimentos e reflexões, com poesia e bom humor.

Ingrid Dragone é jornalista, formada também em Letras e especialista em comunicação mercadológica. O blog Essa Mãe veio coroar os seus 10 anos de jornalismo, rendendo a ela a atividade de colunista do portal de notícias e entretenimento iBahia (veículo de comunicação integrante da Rede Bahia, emissora afiliada à Rede Globo). Curiosa, sensível, inquieta e criativa, a jornalista reuniu em seu blog algumas das mais marcantes características da sua personalidade: a paixão pela escrita e pela fotografia, a mania de dar dicas, e o desejo de experimentar e pesquisar novidades. Mãe de primeira viagem, com todas as dúvidas e conflitos próprios dessa condição, ela demonstra em seu blog que não é PHD em maternidade, mas que a busca por informações, mesmo bem antes de engravidar, a deixou mais segura e preparada para a missão de mãe. Ingrid pediu demissão para cuidar da filha e mergulhou profundamente nesse universo, descobrindo habilidades e vocações traduzidas com muito amor e verdade em seu blog, uma página criada para que mamães apaixonadas troquem figurinhas.

Gostou? Então acesse agora mesmo:

No instagram: @blog.essamae