Coelhinho da Páscoa - Comidinha para Sexta-feira Santa

Sabe-se o sentido da Sexta-feira Santa, do Domingo de Páscoa...eu como seguidora de diversos blogs vivenciei diversas discussões: Escolas que não fantasiam crianças de coelho, por não serem coelhos, frustram algumas mães e alegram outras. Esta é a verdade da escola, não é a minha, mas respeito, deve haver resultados de pesquisas que comprovam que crianças não podem se fantasiar de animais, por gerar alguma sequela traumática, não sei...; A Roteiro Baby foi criticada por alugar um coelho, houve um arrependimento que levou a uma nota de esclarecimento, receber a visita de um coelho para manter a magia da Páscoa, entendo o sofrimento do animal, mas também de que adianta ir ao zoológico no Domingo de Páscoa? São as evidências em paradoxo.  Pessoas que dão chocolates, sem consentimento dos pais, mas os avós, por exemplo, são de uma geração diferente, proibi-los de dar o chocolate é uma afronta, mas no dia que a babá falta pode pedir ajuda aos avós e nesse dia pode dar o chocolate... Que confuso, não seria mais tranquilo receber o ovo da Páscoa dado pela Avó? Mais uma evidência paradoxal. Não dar o ovo a uma criança de 8 anos, por ser símbolo do capitalismo? Mas não devolve a lilica ripilica que a Avó deu. Usa camisas da Gap o ano inteiro e ovo que é 1 vez de 365 dias não pode? Quanta contradição. Da um chocolate para o menino se acalmar no medico, mas na páscoa que é 1 dia na vida não dá. Fico confusa também em ver pais comendo macarronada na mesma mesa que a criança come verdura. Isso é humilhante, o olhar deles (dos Kids) não amolece o coração do pai que repete o prato e não dá um grão ao filho...claro...ele precisa comer a beterraba que o pai odeia. Coloque a verdurinha no seu prato também, nem que seja para disfarçar e fazer companhia ao se baby. Não compra a pipoca pro menino no cinema, por ser um símbolo do consumismo, mas está usando a carteira de meia entrada, sendo que você já se formou há anos. Então fica acertado assim: todos devem seguir sua verdade... E como diz minha amiga Zê, em uma das nossas mil conversas, estas, por sorte foi escrita: 

"Desde criança fui ensinada sobre a ressureição de Cristo, e sobre as festividades do domingo de Páscoa, incluindo os ovos, símbolo do nascimento e vida. Depois de reviver o luto da morte e paixão de cristo (dias de certa nostalgia), o domingo é um dia pra relembrar que precisamos ser felizes, pois a vida venceu a morte...  E hj comemoro com os ovinhos e coelhinhos e tudo mais".

Justificativa? Não. A vida venceu a morte! Quer motivo maior para comemorar? É a verdade dela e todos devem seguir na verdade que acredita, respeitando o outro.
Por coincidência, a minha verdade é a mesma de Zê e em homenagem a Zê, vamos começar com o Coelho da Páscoa feito de Quinoa, batata doce, arroz integral,  cenoura e salmão.

Uma forma bastante lúdica, para a Páscoa dos nossos Kids, é decorar o prato da seguinte forma: 

Para fazer as orelhinhas, uma posta de salmão:
Corte ao meio:

Tempere com alho, se desejar coloque uma pitadinha de sal.


Leve ao forno para assar. Agora vamos conhecer a Quinoa:


Leve ao fogo a Quinoa e o Arroz Integral, ambos ao mesmo tempo:


Descasque e corte a batata doce


Reserve duas rodelas de cenoura. Serão os olhos do coelhinho.


Leve ao vapor junto com as  rodelas de cenoura.


Arroz, Quinoa e Batata doce prontas, basta amassar tudo juntinhos.


Use uma pequena forma para o formato da carinha do coelhinho.  


Desenforme assim:


Agora basta montar o coelhinho. Não esqueça das barbinhas feitas de cebolinha.
A gravatinha e a boca foram feitas de Repolho Roxo.




Feliz Páscoa mamães e vamos inserir Quinoa na alimentação dos nossos Kids até porque a qualidade de suas proteínas são imensas devido sua composição de aminoácidos (Lisina, argina, histidina e metionina).
Dá uma cheiroka bem gostosa no pezinho do seu baby e até nossa próxima receitinha. 











Nenhum comentário: